Quiropraxia - Saúde & Coluna

Quiropraxia

O que é a Quiropraxia?

quiroÉ uma ciência da área da saúde, cujo enfoque está em promover um ótimo funcionamento da Coluna Vertebral, que protege e sustenta uma parte muito importante e delicada do corpo.

A medula espinhal é extensão do nosso cérebro e via de comunicação que o cérebro usa para fazer todo nosso corpo funcionar, órgãos, células e tecidos.

Quando não cuidamos da coluna, desalinhamentos e subluxações ocorrem, alterando a função normal deste sistema de comunicação do corpo, causando dores nas costas e sintomas, que pode até acabar em doenças e enfermidades, por interferirem na função normal de todo o corpo.

O objetivo primordial do Quiropraxia é manter a coluna saudável para permitir que o organismo funcione de maneira correta.

Atividades rotineiras e maus hábitos (como má postura ao usar computador, dormir, praticar esportes, quedas, acidentes, estresse), podem ocasionar pequenos desvios das vértebras (ossos da coluna).

Isso prejudica a biomecânica e causam perda da relação articular normal da coluna, interferindo na função normal da medula e nervos espinhais (o que chamamos de Subluxação Vertebraldesencadeando dor e inúmeras disfunções, impedindo o funcionamento correto de órgãos, glândulas, células e tecidos.

A Quiropraxia pode não só cuidar de todos esses problemas de forma segura, rápida e eficaz, mais sim como evitar que eles ocorram. Além disso, ela tem o  poder de revitalizar sua energia, melhorar seu desempenho esportivo, aumentar sua resistência física e imunológica, eliminando dores e desconfortos sem a necessidade de fazer uso de medicamentos.

O nosso principal objetivo é restaurar e manter a integridade da coluna vertebral e suas ramificações, buscando o equilíbrio do sistema nervoso, promovendo o bem estar e potencializando a saúde.

Conheça a sua primeira visita

A avaliação engloba inúmeros itens importantes para que se possa chegar a um diagnóstico preciso e para que seja feita a elaboração do plano de tratamento mais adequado para cada caso.

FOTO5Primeiramente o paciente irá preencher um formulário com seu histórico de saúde (anamnese) e a partir disso o Quiropraxista dará início a consulta, incluindo:

  • História Clínica;
  • Avaliação Estrutural e Postural;
  • Escanner topográfico da Coluna Vertebral;
  • Exames físicos, ortopédicos e neurológicos;
  • Análise de exames de imagem;
  • Sessão Quiroprática (ajuste);
  • Entrega do diagnóstico;
  • Plano de tratamento inicial;

Caso necessário será solicitado radiografias específicas para visualizar a condição da coluna vertebral para determinar qual técnica de correção é mais apropriada e segura para o paciente.

Após o relatório das radiografias, recomendaremos um plano de cuidado intensivo e personalizado, que será baseado no nível de desvio e degeneração da coluna vertebral.

Através do plano de tratamento, o Quiropraxista irá realizar reavaliações do estado atual de correção do paciente e realizará um ajuste vertebral específico, restaurando a função articular e eliminando a interferência nervosa.

Periodicamente, reavaliaremos o progresso do paciente com testes e radiografias comparativas, para que assim, possamos quantificar e analisar as mudanças positivas.

Principais problemas tratados

Coluna-vertebral-toracicaA Quiropraxia nasceu com uma filosofia de prevenção, porem hoje é a profissão que obtém os melhores resultados na recuperação de muitas afecções relacionadas a Coluna Vertebral, dentre elas:

  • Dores na coluna vertebral;
  • Hérnia de disco;
  • Dor ciática;
  • Escoliose;
  • Dores de cabeça;
  • Dores e tensão muscular;
  • Problemas articulares (ombro, cotovelo, punho, mão, quadril, joelho, tornozelo e pé);
  • Restrições à movimentação;
  • Alterações posturais (hiperlordose, hipercifose, hipocifose, escoliose;
  • Osteófitos (bico de papagaio);
  • Dores lombares (Lombalgia);
  • Síndrome do Túnel de Carpo;
  • Dor no Pescoço (Cervicalgia);
  • Torcicolo;
  • Lesão em Chicote;

Alguns sinais indicam ajudam a identificar os problemas acima, tais como:

  • Diminuição da movimentação normal ou dor durante a realização de exercícios físicos.
  • Dores ao sentar ou permanecer muito tempo em uma mesma posição.
  • Dores, formigamentos ou dormência em pernas e braços ou cabeça.
  • Diminuição de força e sensibilidade.

Subluxação Vertebral

O que é  a Subluxação Vertebral?

Todas as atividades do dia a dia, desde passar 6 horas sentado em frente ao computador no trabalho, assim como quedas aparentemente insignificantes, levantar um peso em má posição, exercícios físicos ou dormir de peito para baixo, podem ocasionar pequenos desvios nas vértebras (ossos da coluna).

Esses desvios interferem na função normal do sistema nervoso e contribuem com problemas que vão aparecer somente alguns anos depois.

A subluxação vertebral é um termo que se aplica a uma vértebra que perdeu a posição e/ou função articular normal em relação às outras vértebras, interferindo nos impulsos nervosos, desencadeando dor e inúmeras disfunções, impedindo o funcionamento correto de órgãos, glândulas, células e tecidos.

A lesão na maioria das vezes não é lembrada, mas os danos já estão instalados.

Se a lesão foi na coluna vertebral, apesar dos sintomas passarem em alguns dias ou semanas, a subluxação provavelmente ficará, diminuindo o fluxo de energia vital, provavelmente comprometendo severamente a integridade da coluna por vários anos.

Quanto mais longo o período de tempo entre a lesão e o início do tratamento quiroprático, mais difícil e mais tempo levará para a correção.

É impossível lembrar cada queda ou lesão que tivemos ao longo de nossas vidas, especialmente aquelas que aconteceram em nossa infância ou durante o difícil e complicado processo de parto em que passamos.

Ter subluxações vertebrais é muito comum, já que todos os dias fazemos dezenas de atividades que acabam afetando ou desalinhando nossa coluna.

Desde um trauma em casa ou no trabalho, uso inadequado de um travesseiro ou colchão, até mesmo uma posição inadequada de trabalho ou próprio estresse, causam várias subluxações.

Quais são as causas das subluxações Vertebrais?

As subluxações estão diretamente relacionadas as nossas atividades do dia a dia e aos maus hábitos relacionados ao cuidado da Coluna Vertebral. Dentre elas estão:

  • Uso de computador em má postura ou por horas repetitivas;
  • Carregar ou levantar peso;
  • Tarefas de casa, desde varrer até lavar a louça;
  • Estar sentado, dirigindo, na sala ou mesa ou trabalho;
  • Lesões e traumas esportivos;
  • Assistir TV na cama;
  • Estresse emocional;
  • Má postura;
  • Obesidade;
  • Gravidez; períodos excessivos na mesma posição;
  • Agachar de modo inadequado;
  • Salto alto;
  • O processo de parto; entre outros.

Alguns dos sinais mais comuns das subluxações vertebrais são:

  • artrose;
  • dor lombar;
  • dor ciática;
  • dor no pescoço;
  • hérnias de disco;
  • cólicas menstruais;
  • má postura;
  • dores na coluna;
  • insônia;
  • zumbidos;
  • dores de cabeça;
  • problemas respiratórios;
  • adormecimento de braços e pernas;
  • escoliose;
  • asma;
  • torcicolo;
  • lesões esportivas;
  • problemas do sistema imunológico; entre outros.

FOTO4Como funciona o tratamento?

A principal ferramenta da Quiropraxia é o ajuste vertebral, o qual é distinto e exclusivo do quiropraxista.

É determinado por um movimento rápido e preciso sobre a vértebra subluxada, com a finalidade de corrigir a Subluxação Vertebral, restaurando a função articular, eliminando a interferência nervosa, aumentando a regeneração celular e consequentemente a “cura” do corpo, por restabelecer uma Conexão Neurológica Clara entre o cérebro e o organismo, provida pela bom funcionamento da Coluna Vertebral.

Assim como os aparelhos ortodônticos funcionam para o alinhamento dos dentes, a Quiropraxia funciona para a correção dos desalinhamentos da coluna.

A Quiropraxia vai restaurar a posição óssea da coluna, de forma progressiva, através de um tratamento.

Os cuidados quiropráticos, assim como aparelhos dentários, levam um determinado tempo para corrigir os desvios da coluna, de acordo com o estágio de cada pessoa.

Muitos pacientes após o ajuste relatam já uma sensação de alívio. Alguns se sentem com mais energia e aptos novamente a fazer todas as suas tarefas.

Depois do ajuste, você deverá sentir um bem-estar e uma sensação profunda de relaxamento, assim como já pode experimentar alívio dos sintomas. Esta sensação poderá durar o resto do dia ou da semana podendo também resultar em sono profundo e revitalizador.

Na maioria dos casos os sintomas desaparecem entre a segunda e a quarta semana de tratamento, mas é importante entender que o maior benefício e propósito da Quiropraxia é o de corrigir a estrutura de sua Coluna que é a causa do problema e não simplesmente aliviar as dores.

Assim como você não confiaria num dentista que só trata de suas cáries, mas não o aconselha a escovar os dentes, o grande diferencial do Quiropraxista é que ele não esta somente preocupado em aliviar suas dores e sim comprometido em tratar a causa principal do seu problema.

Formação Acadêmica

HISTORIAA formação em Quiropraxia é dada através de um Curso Superior, com duração mínima de cinco anos (4.680 horas), cujo ensino esta primordialmente em entender  a fundo como funciona nosso organismo e nosso sistema nervoso (cérebro, medula e nervos espinhais) nos seus processos sobre os mecanismos de de doenças e como são os infindáveis processos de cura interna que nosso corpo realiza 24 horas por dia, além do estudo especializado e finamente detalhado da Coluna Vertebral em como descobrir a causa real dos processos degenerativos da coluna e posteriormente

O curso é composto por uma extensa grade curricular com disciplinas básicas das ciências biomédicas, técnicas exclusivas da Quiropraxia, matérias adicionais de exames físico, diagnósticos e de tratamentos, além de estágio supervisionado (residência clínica).

Esta longa e detalhada formação é o que faz o diagnóstico e o tratamento do Quiropraxista ser o mais preciso possível.

No Brasil existem duas Universidades de graduação, ministrados pela Universidade Anhembi Morumbi (São Paulo-SP) e pela FEEVALE (Novo Hamburgo-RS), ambos reconhecidos pelo MEC (Portarias nº 903/2006 e 902/2006, respectivamente).

Por que devemos procurar um Quiropraxista?

Porque a manutenção e o cuidado apropriado do sistema nervoso e da coluna vertebral são essenciais no desenvolvimento e na saúde em geral de todas as pessoas.

Assim como visitamos um dentista regularmente, é necessário visitar seu Quiropraxista de forma regular para manter a Coluna Vertebral saudável.

Abaixo temos uma breve explicação de quem, quando e porque devemos visitar o Quiropraxista.

A Quiropraxia é recomendada para TODOS!

Bebês

FOTO1Até o primeiro ano de vida, nosso organismo realiza um dos mais importantes processos no desenvolvimento da Coluna, que é a Curvatura Cervical.

Essa curvatura tem uma importância fundamental na saúde, centro de gravidade, postura e desenvolvimento da saúde do seu filho.

Um estudo realizado na Alemanha (Gutmann, 1987), identificou alterações músculo-esqueléticas na coluna cervical de 80% das crianças recém-nascidas estudadas.

O parto é um processo que pode alterar a posição das vértebras e gerar lesões nos frágeis nervos e músculos da Coluna do bebê.

Em países desenvolvidos, quiropraxistas pediátricos trabalham avaliando recém-nascidos logo após o parto, e ao serem detectadas, as subluxações são imediatamente corrigidas, prevenindo futuros problemas.

Aprender a engatinhar e caminhar ficará mais fácil, tendo diminuição de sintomas comuns entre bebês, podendo serem resolvidos e até mesmo prevenidos com a Quiropraxia.

Durante o primeiro ano de vida, segundo estudos científicos, o bebê deve ser avaliado de forma regular, após o parto, quando começar a levantar a cabeça, ao sentar, ao engatinhar e ao começar a andar.

A Quiropraxia possui técnicas exclusivamente criadas para cuidar a coluna dos bebês e recém nascidos, leve, gentil e específico para corrigir o desalinhamento articular, sendo o único profissional capaz de detectar e corrigir este problema.

FOTO2Crianças e adolescentes

As alterações articulares ocorridas na infância e adolescência quando não corrigidas, geram desvios estruturais e problemas articulares que inicialmente não provocam sintomas, só aparecendo na fase adulta através de dores e sintomas tais como: artrose, hérnia de disco, escoliose que acabam em dores articulares.

Adultos

FOTO3A Quiropraxia existe não só para casos crônicos e agudos de dor, mas para pessoas saudáveis que buscam uma maneira natural e muito eficaz de cuidar a saúde em geral e prevenir doenças.

Como ela é relativamente nova no Brasil, a maioria dos pacientes que procuram o tratamento quiroprático apresentam casos crônicos e dores, depois que muito problema e degenerações já estão instaladas.

Porém, a cada dia mais pessoas estão compreendendo a necessidade de cuidar a coluna de forma preventiva beneficiando-se de uma melhor qualidade de vida.

 

 

Gestantes

gravidaA gestação é um dos principais fatores que fazem com que as mulheres estejam mais sujeitas a ter problemas de coluna do que os homens.

Este é um período de muitas mudanças tais como: aumento de peso que muda o centro de gravidade do corpo, ação hormonal da “relaxina”, hormônio responsável por relaxar os ligamentos e criar espaço entre as articulações da pelve, para acomodar o bebê e hábitos posturais viciosos, relacionados a nova fase de vida, que vem acompanhada de dores e desconfortos.

As mudanças estruturais esqueléticas e musculares, faz com que a coluna vertebral da gestante sofra sobrecargas, comprometendo assim a posição da coluna, nervos, ligamentos, tecidos e músculos.

O quadril começa a mudar de posição que é justamente o principal foco do Quiropraxista na gestação, pois é onde o feto está posicionado.

Manter a coluna e o quadril em perfeita posição vai aumentar o espaço interno facilitando o desenvolvimento e posicionamento do bebê, gerando um parto mais rápido, seguro e menos doloroso, tudo isso comprovado por estudos científicos.

O Quiropraxia é habilitado e treinado para avaliar e ajustar qualquer desalinhamento encontrado na coluna na gestante e também de seu futuro bebê.

As técnicas são eficazes e os ajustes são seguros e precisos, proporcionando bem-estar, saúde e equilíbrio para a futura mamãe.

Idosos

idososAtravés da Quiropraxia, os idosos podem corrigir e prevenir problemas estruturais que foram gerados durante anos na Coluna Vertebral.

Na maior parte dos casos, vivem muitos anos sem nunca ter visitado um especialista para cuidar de sua coluna, e logicamente, problemas graves estão presentes.

Porém mesmo depois de anos, a Quiropraxia pode obter excelentes resultados tanto para sintomas quanto postura e melhor funcionamento do organismo, como dizem os estudos científicos.

Melhorar a qualidade de vida, mobilidade articular, postura, sintomas e entre outros, são os objetivos do tratamento Quiropratico na melhor idade.

A Quiropraxia é um estilo de vida natural, recomendado para todas as idades que proporciona uma vida plena e muito mais saudável

História da Quiropraxia

FOTO7A Quiropraxia teve início em 1895, em Davenport, Iowa, EUA. Neste ano, o canadense Daniel David Palmer realizou o primeiro ajuste de quiropraxia em um paciente que sofria de uma deficiência auditiva, causada por uma queda enquanto trabalhava.

Palmer, estudioso da Anatomia e saúde humana, resolveu avaliar sua coluna para saber se esta surdez de início abrupto tinha alguma relação com o funcionamento de sua Coluna Vertebral.

Foi onde encontrou uma das vértebras fora de sua posição normal ou “subluxada” e depois de muito estudo, no dia 18 de setembro de 1895, realizou o 1º ajuste vertebral da história, retomando a posição normal da vértebra e assim a melhora total da perda auditiva.

Foi então onde Palmer, começou a desenvolver a ciência, arte e filosofia da quiropraxia, com o intuito de manter a Coluna Vertebral saudável para gerar uma conexão neurológica correta entre nosso cérebro e todo o nosso organismo.

Palmer então criou o nome “Quiropraxia”, que vem do grego “Queirós“, que significa mãos; e “Práxis“, que significa prática.

Mais de 100 anos se passaram e a Quiropraxia progrediu significativamente como ciência da saúde.

Nos países desenvolvidos, hoje ela está entre as três maiores profissões na área da saúde, juntamente com a Medicina e a Odontologia.

No ano de 1999, aqui no Brasil, duas Universidades começam suas atividades na formação de Quiropraxistas, ambas possuindo convênios institucionais com universidades dos EUA.

As duas faculdades, Anhembi Morumbi/SP e Feevale/RS, possuem seus cursos autorizados e regulamentados pelo MEC.

Atualmente existem mais de 150 mil quiropraxistas e estima-se que, diariamente 2 milhões de pessoas utilizem a Quiropraxia para cuidar da saúde, como prevenção, no tratamento com ótimos resultados e sem a necessidade de recorrer ou muitas vezes reverter o uso de medicamentos ou procedimentos cirúrgicos.

Hoje, a Quiroipraxia é reconhecida mundialmente, através de estudos científicos, como a profissão que obtém os melhores resultados e o menor risco no tratamento e na prevenção dos problemas da Coluna Vertebral.

Main menu
Top