Perguntas Frequentes - Saúde & Coluna

Perguntas Frequentes

1O que é a Quiropraxia?
A Quiropraxia é uma profissão na área de saúde que se dedica ao diagnóstico, tratamento e prevenção de problemas do sistema neuro-esquelético, ou seja, ao tratamento de problemas das articulações, músculos, tendões, nervos e outras estruturas, bem como os efeitos destas alterações sobre a saúde em geral.
2O Quiropraxista atende somente as pessoas com dores nas costas?
Embora o tratamento de coluna seja o mais frequente, o quiropraxista atende também pessoas com dores de cabeça, dores articulares (em ombros, cotovelos, punhos, joelhos, tornozelos, pés, etc.), tensões musculares, tonturas, otite e alterações na postura.
3Existe uma idade ideal para o tratamento?
Não. Pessoas de todas as idades podem se beneficiar do tratamento com a Quiropraxia desde recém-nascido até pessoas de idade bastante avançada. O tratamento, entretanto, é adequado a cada paciente com o emprego de técnicas específicas para cada idade. respiratórios (asma), alterações urinárias (enurese noturna), dismenorréia (cólica menstrual), torcicolo, restrições de movimento e muito mais.
4Quais os principais problemas tratados pela Quiropraxia?
• Desvios de postura como hiperlordose, hipercifose, escoliose, hipocisofe...; • Dores na coluna lombar; • Hérnia de disco e dor ciática; • Dores no pescoço; • Dores de cabeça; • Dores e tensão muscular; • Problemas nas articulações do ombro, cotovelo, punho, joelho, tornozelo; • Restrições à movimentações; • DORT/LER;
5Qual a causa desses problemas?
As atividades comuns do dia a dia, os movimentos repetitivos e posturas viciosas podem fazer com que as articulações do nosso corpo, principalmente da coluna vertebral, percam seu alinhamento ou movimento normal. Isto é chamado de disfunção articular ou complexo de subluxação vertebral. Com o tempo, estas alterações podem afetar as vértebras, músculos e a função do nervo que passa entre as vértebras, além de poder levar a alterações degenerativas como a osteoartrose, por exemplo.
6Como é feito o diagnóstico?
O diagnóstico específico é feito após uma entrevista e exame clínico minucioso, que inclui análise postural, a realização de teste ortopédicos e neurológicos e palpação cuidadosa de articulações, músculos e outras estruturas afetadas. Caso sejam necessários exames complementares como Raio-X, Tomografia e Ressonância Magnética serão solicitados. Estas dados são fundamentais para o tratamento apropriado.
7Como é feito o tratamento?
O tratamento é feito com dois objetivos: corrigir e prevenir problemas articulares. Tendo sido feito o diagnóstico, é definido um plano de tratamento apropriado a cada condição. Existem diversas técnicas que foram desenvolvidas para restaurar a movimentação articular. O ajustamento, quando indicado, é muito específico e indolor. Com isto, normalmente, observa-se uma diminuição importante da dor, relaxamento muscular, aumento da mobilidade e restauração da função articular. Técnicas específicas para o tratamento das alterações musculares, como Trigger Points (ou “pontos gatilhos”) podem ser empregadas.
8Qual a importância dos exercícios e das orientações posturais?
A prevenção é uma parte muito importante do tratamento e permanecer em atividade é importante para pessoas com dores e problemas de coluna. Durante o tratamento, serão dadas orientações para exercícios específicos e de reabilitação, assim como instruções para corrigir e manter uma boa postura.
9Quanto tempo leva a recuperação?
O tempo de recuperação depende de vários fatores, como idade, estilo de vida e duração do problema. Outros fatores como tipo de trabalho, dieta, atitude e cooperação também são importantes. O início do tratamento requer visitas mais frequentes que variam de uma a três vezes por semana, nas primeiras semanas, e esta frequência vai se reduzindo a medida que há melhora e regressão do quadro clínico. É comum os tratamentos durarem entre um a três meses. O objetivo é que a recuperação ocorra no menor tempo possível.
10Quais são os riscos?
Como todo método terapêutico, os tratamentos realizados pelos quiropraxistas tem indicações e contra-indicações precisas. Quando realizados por profissionais qualificados os riscos são extremamente reduzidos.
11Como surgiu a Quiropraxia?
A Quiropraxia surgiu em 1895 nos Estados Unidos, quando o pesquisador Daniel David Palmer começou a tratar pessoas através de manobras manuais, dando a profissão o seu nome atual. A Quiropraxia está hoje entre as três maiores profissões na área de saúde (Medicina, Quiropraxia e Odontologia) na América do Norte e Europa.
12Como é a formação de um Quiropraxista?
Para ser um quiropraxista, com a responsabilidade de diagnosticar e prescrever tratamentos, é necessário submeter-se a uma rigorosa formação de nível superior. A Quiropraxia é, portanto, um curso de nível superior universitário com duração entre quatro anos e meio a seis anos (5000 horas). O curriculum consiste em uma extensa educação em ciências biomédicas, métodos diagnósticos e prática clínica.
13Onde existe a graduação universitária em Quiropraxia?
As faculdades de Quiropraxia estão localizadas principalmente nos Estados Unidos, Canadá, Inglaterra, Espanha, Dinamarca, Austrália, Nova Zelândia, África do Sul, México, Brasil e outros países. A Quiropraxia está hoje entre as três maiores profissões na área de saúde (Medicina, Quiropraxia e Odontologia) na América do Norte e Europa.
14Como é a Quiropraxia internacionalmente?
Nos países como Estados Unidos, Canadá, Austrália e vários países da Comunidade Europeia e da Ásia, ela é integrada aos sistemas nacionais de saúde. A Federação Mundial de Quiropraxia, (World Federation of Chiropractic – WFC), reconhecida e filiada a Organização Mundial de Saúde (OMS), é a organização que representa a Quiropraxia internacionalmente. Há cerca de 180 000 quiropraxistas em todo o mundo dos quais cerca de 65000 encontram-se na América do Norte.
Main menu
Top